Guia Completo sobre o Uso do NexGard em Cães: Proteja seu Amigo de Pulgas e Carrapatos


Manter seu cão saudável e livre de parasitas é essencial para garantir seu bem-estar. Um dos produtos mais eficazes no mercado para combater pulgas e carrapatos é o NexGard. Neste artigo, exploramos tudo o que você precisa saber sobre o uso do NexGard em cães, desde seus benefícios até a forma correta de administração.


O que é o NexGard?

NexGard é um medicamento oral utilizado para o tratamento e prevenção de infestações por pulgas e carrapatos em cães. Desenvolvido pela Merial, uma empresa do grupo Boehringer Ingelheim, o NexGard é amplamente recomendado por veterinários devido à sua eficácia e facilidade de uso.

Principais Benefícios do NexGard

  1. Eficácia Comprovada: Elimina pulgas em até 8 horas e carrapatos em até 48 horas após a administração.
  2. Fácil de Administrar: Disponível em formato de comprimido mastigável, com sabor agradável para os cães.
  3. Proteção Contínua: Oferece proteção durante todo o mês, com uma dose única.
  4. Seguro para Cães: Pode ser usado em cães a partir de 8 semanas de idade e com peso mínimo de 2 kg.

Como Funciona o NexGard?

O NexGard contém afoxolaner, um princípio ativo que interfere no sistema nervoso dos parasitas, causando paralisia e morte das pulgas e carrapatos. Após a ingestão, o afoxolaner é rapidamente absorvido e começa a agir, protegendo seu cão contra novas infestações.


Como Administrar o NexGard?

Passo a Passo

  1. Escolha a Dosagem Correta: NexGard está disponível em diferentes dosagens, dependendo do peso do seu cão. Consulte seu veterinário para escolher a dosagem adequada.
  2. Ofereça como Guloseima: Dê o comprimido diretamente ao seu cão, como uma guloseima. A maioria dos cães aceita o NexGard facilmente devido ao seu sabor palatável.
  3. Verifique a Ingestão Completa: Certifique-se de que seu cão consumiu todo o comprimido.
  4. Repita Mensalmente: Administre o NexGard uma vez por mês para garantir proteção contínua.

Precauções e Efeitos Colaterais

Embora o NexGard seja seguro para a maioria dos cães, alguns podem apresentar reações adversas. Os efeitos colaterais mais comuns incluem vômitos, diarreia, letargia e perda de apetite. Se observar qualquer reação incomum, consulte seu veterinário imediatamente.


NexGard é Adequado para Meu Cão?

Fatores a Considerar

  1. Idade e Peso: Ideal para cães a partir de 8 semanas e com peso mínimo de 2 kg.
  2. Saúde Geral: Cães com condições de saúde específicas devem ser avaliados por um veterinário antes do uso.
  3. Outros Medicamentos: Informe seu veterinário sobre qualquer outro medicamento que seu cão esteja tomando.

Onde Comprar NexGard?

Aqui na AgiPec você adquiri NexGard original. Nossa loja é confiável e garantimos a autenticidade do produto, com envio da nota fiscal. Segue links.

NexGard Antipulgas e Carrapatos para Cães de 2 a 4 Kg

NexGard Antipulgas e Carrapatos para Cães de 4,1 a 10 Kg

NexGard Antipulgas e Carrapatos para Cães de 10,1 a 25 Kg

NexGard Antipulgas e Carrapatos para Cães de 25,1 a 50 Kg


Conclusão

O uso do NexGard é uma escolha eficaz e conveniente para proteger seu cão contra pulgas e carrapatos. Com uma administração mensal, você garante o bem-estar e a saúde do seu amigo de quatro patas. Consulte sempre seu veterinário para orientações específicas e desfrute de momentos tranquilos com seu cão protegido.

Cuidados Essenciais com Filhotes de Cães: Vacinas, Vermífugos e Mais

Ter um filhote de cachorro em casa é uma fonte inesgotável de alegria e afeto. Contudo, essa nova adição à família também traz consigo uma grande responsabilidade. É crucial garantir que o filhote receba os cuidados apropriados para assegurar seu desenvolvimento saudável e feliz. Entre esses cuidados, a vacinação e a vermifugação ocupam lugares de destaque, sendo fundamentais para a prevenção de diversas doenças.

A Importância da Vacinação

A vacinação é um dos pilares da saúde canina. Vacinas protegem os filhotes contra doenças potencialmente fatais, como a parvovirose, cinomose, hepatite infecciosa, leptospirose, e raiva. A imunização não só salvaguarda a saúde do seu pet, mas também a saúde pública, prevenindo a transmissão de doenças zoonóticas, ou seja, doenças que podem ser transmitidas de animais para humanos.

Quando Vacinar?

A série de vacinação de um filhote geralmente começa entre as 6 e 8 semanas de idade. Isso porque, até essa idade, os filhotes ainda possuem anticorpos maternos, transmitidos pela mãe através do primeiro leite, o colostro, que oferecem uma proteção temporária contra doenças. À medida que essa proteção natural diminui, o filhote torna-se vulnerável a infecções, tornando a vacinação essencial.

Um esquema típico de vacinação envolve múltiplas doses, administradas em intervalos de 3 a 4 semanas, até que o filhote atinja cerca de 16 semanas de idade. Após essa série inicial, recomenda-se vacinações anuais para manter a imunidade.

A Necessidade de Vermifugação

Além das vacinas, a vermifugação é outra prática essencial para a saúde dos filhotes. Muitos filhotes nascem com vermes, que são transmitidos pela mãe, ou podem adquiri-los através do ambiente. Os vermes não apenas causam desconforto e doenças gastrointestinais, mas também podem afetar o crescimento e o desenvolvimento do filhote.

Idade para Vermifugação

A vermifugação pode começar bem cedo, geralmente aos 2 a 3 semanas de idade, e deve ser repetida de acordo com as instruções do vermífugo utilizado e sob orientação veterinária. O processo geralmente inclui doses adicionais a cada 2 a 4 semanas até que o filhote tenha cerca de 4 meses de idade. Após essa fase, a vermifugação torna-se parte de um programa regular de saúde preventiva, geralmente administrada a cada 3 a 6 meses.

Consequências da Falta de Vacinação e Vermifugação

A negligência na vacinação e vermifugação pode ter consequências graves para a saúde do seu filhote. Sem a devida imunização, eles ficam suscetíveis a uma série de doenças contagiosas e potencialmente letais. Da mesma forma, a falta de vermifugação pode levar a infestações severas que comprometem a saúde e o bem-estar do animal, podendo resultar em problemas nutricionais, anemia e, em casos extremos, morte.

Conclusão

A chegada de um filhote de cachorro é um momento emocionante que traz muita alegria. Entretanto, é vital não esquecer as responsabilidades que acompanham a criação de um cão saudável e feliz. Seguir as recomendações de vacinação e vermifugação são passos fundamentais nesse processo. Lembre-se, o cuidado preventivo não apenas protege a saúde do seu filhote, mas também a saúde da sua família e da comunidade. Se tiver dúvidas ou preocupações, sempre consulte um veterinário para obter orientações específicas para o seu pet.

AgiPec © 2024 - Avenida Brasilia 580, Exposição Lagarto - SE, 49400-000

Inscrita no CNPJ.: 13.286.850/0001-40